fbpx
skip to Main Content
218 244 801 . 930 506 689 geral@coreclinic.pt Av. República 43 - Lisboa
Alterações Nos Pés Dos Desportistas

Alterações nos Pés dos Desportistas

A atividade desportiva nos últimos anos tem aumentado o número de adeptos. O aumento do mesmo acarreta benefícios inegáveis para a saúde evitando assim doenças cardíacas, hipertensão, diabetes tipo II, obesidade, depressão e outros distúrbios metabólicos, melhorando também a saúde óssea e funcional.

No entanto, verifica-se sobretudo nos iniciantes da atividade desportiva que abrange todas as faixas etárias, algum descuido na escolha do tipo de calçado, o que pode acarretar problemas para o pé, joelhos e coluna lombar. Dependendo da modalidade, e de cada caso em particular, existe maior ou menor propensão para desenvolver determinadas patologias nos pés.

As mais comuns são:

  • Alterações Osteoarticulares: sobreposição dos dedos, em garra ou joanetes, são alterações hereditárias da morfologia do pé do atleta ou adquiridas por movimentos de repetição, bem como de calçado inadequado à prática desportiva.
  • Lesões Dérmicas: estas podem classificar-se como, irritativas, traumáticas e infeciosas. As mais comuns em Podologia são: Micoses da pele e unhas; dermatite atópica e urticária; xerose cutânea (secura extrema); Eritema Pérnio; Verrugas Plantares; Hiperqueratoses (calosidades) e flíctenas (bolhas); Hematomas na pele e unhas; Onicocriptose (unhas encravadas);
  • Síndrome de Stress Tibial Medial ou Canelites: sobrecarga muscular, caracterizado por um excesso do movimento pronatório, inclinação do terreno, diferença no comprimento das pernas, pé plano, tipo de calçado entre outros.
  • Lesão na 1.ª Articulação Metatarsofalângica: quando há um momento de amplitude e força excessivas sobre a articulação afetando a sua cápsula e tecidos ligamentares.
  • Entorses do Tornozelo: quando a articulação excede o limiar de amplitude do movimento fisiológico. É das lesões articulares mais comuns no desporto, acontecendo maioritariamente no sentido de inversão do pé (para dentro). Esta lesão ocorre por diversos fatores são eles: terreno, traumatismo por contacto direto, laxidez ou instabilidade articular.
  • Fasceíte Plantar: inflamação da aponevrose na região plantar dos pés, com origem no calcanhar e inserção sobre os dedos. A sua sintomatologia caracteriza-se pelo período da manhã, ou após um período de repouso e iniciando-se os primeiros passos.
  • Fraturas de Stress: acontecem por sobrecarga das estruturas sujeitas a pressões intensas e repetitivas. Esta lesão ocorre sobretudo sobre os sesamóides, segundo e terceiro metatarsos, base do quinto metatarso e no calcanhar.

Podologista Andreia Duarte

Cédula Profissional ACSS-167

.

PROCURE-NOS CASO TENHA DÚVIDAS!

Comentários

Se tiver alguma questão, poderá enviar-nos através do Formulário de Contacto, ou se preferir, publique um comentário abaixo. Não divulgamos as respostas nos comentários. Responderemos às suas questões, via e-mail, o mais brevemente que nos for possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Call Now Button Back To Top